Qual açúcar escolher ?

     Existem três tipos de carboidratos: complexos, refinados e simples. Os nutricionistas recomendam, os complexos –  também conhecidos como integrais. São ricos em amido, porém, possuem teor de gordura relativamente baixo e ao mesmo tempo contêm vitaminas, minerais e fibras. Fazem parte desse grupo batatas, batata-doce, milho, macarrão, arroz integral, feijão, ervilhas e lentilhas, por exemplo.
     Os refinados têm sido cada vez mais vistos como vilões. A nutricionista Virgínia Nascimento, vice-presidente da Associação Brasileira de Nutrição (Asbran), explica que, no processo químico a que eles são submetidos, perdem fibras, vitaminas e minerais. De maneira geral, têm bastante caloria e são pobres em nutrientes essenciais. Pães brancos, arroz branco, biscoitos, tortas, bolos e a maioria das sobremesas assadas fazem parte dessa categoria.
     Os açúcares constituem os carboidratos simples. Eles também são divididos por tipos. Sabe aquele açúcar mais escuro? É o mascavo. Quanto mais sua coloração puxar para o marrom, mais vitaminas e sais minerais ele tem. Especialistas indicam que, em 100 gramas de açúcar mascavo, há 85 miligramas de cálcio, 29 miligramas de magnésio, 22 miligramas de fósforo e 346 miligramas de potássio. Na mesma quantidade, o refinado – que é o branco, ou seja, o tipo mais comum – traz, no máximo, 2 miligramas de cada um desses nutrientes.
     Dê só uma olhada nas propriedades dos diferentes tipos de açúcar que existem:

acucares1

  • Açúcar mascavo: não passa por refinamento. É extraído da cana-de-açúcar e mantém as mesmas vitaminas e sais minerais dessa planta.
  • Açúcar demerara: fica no processo intermediário entre o mascavo e o refinado. Não passa por branqueamento. Por isso, mantém as vitaminas e sais minerais no mesmo nível que o mascavo.
  • Açúcar refinado: é processado a partir do melado de cana ou do açúcar mascavo. O produto, que inicialmente é marrom, recebe adição de gás sulfídrico e outras substâncias químicas para ficar claro. Nesse processo, ele perde vitaminas e sais minerais.
  • Açúcar orgânico: com valores nutricionais similares ao mascavo e ao demerara, tem a vantagem de ser livre de aditivo tóxico no processo do plantio da cana-de-açúcar.

Dicas da Ju

A cerca de 3 anos deixei o açúcar demerara entrar na minha casa, hoje eu o utilizo em todas as minhas receitas, ele não altera os sabores dos pratos e ainda dissolve facilmente como o refinado. A única coisa que você tem que mudar é em relação a quantidade, pois ele equivale sempre a metade da quantidade do açúcar refinado. Por exemplo – 2 xícaras de açúcar refinado = 1 xícara de açúcar demerara ou 1 colher de açúcar refinado = meia colher de açúcar demerara. Eu adorei a mudança, convido você a experimentar também.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre os tipos de açúcar, faça uma escolha consciente para a sua saúde!

Fica a Dica!

Abraços,

Ju Simão

FaceBook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *